Por que a lesma e o caracol andam devagar?

22-03-2011 07:27

 Por que a lesma e o caracol andam devagar?

 

 


Todo mundo sabe que, com eles, não há pressa. Tanto é que quando alguém anda ou faz algo muito vagarosamente ganha logo o apelido de “lesma” ou “caracol”. Mas você já se perguntou por que esses animais andam assim, tão devagarzinho?

As lesmas e os caracóis deslocam-se vagarosamente porque seu movimento depende da ação de feixes musculares – ou, em outras palavras, de fibras musculares –, que se distendem e se contraem. Esses feixes musculares estão localizados na sola do pé desses animais.

 

O caracol Solaropsis braziliana é encontrado no Espírito Santo e no Rio de Janeiro 

 

Talvez você nunca tenha reparado, mas uma importante característica dos moluscos é o seu... Pé. Sim, esses bichos também têm pé: uma estrutura na qual eles se apóiam e se deslocam, cuja forma está quase sempre relacionada ao ambiente onde esses animais são encontrados. O pé das lesmas e dos caracóis, por exemplo, apresenta uma sola larga, para que esses moluscos possam se fixar ou se locomover sobre as mais diferentes superfícies, como muros, folhas, galhos, troncos de árvores e, até mesmo, áreas lisas.

Pois bem! Nos pés das lesmas e dos caracóis, encontramos feixes musculares que são mais moles, mais frouxos, e que se contraem e se distendem de um modo vagaroso, de uma ponta a outra do pé. Ao se contrair e se distender, esses feixes musculares acabam vencendo a força adesiva exercida pela sola do pé desses animais sobre a superfície onde eles se encontram. Assim, ajudam as lesmas e os caracóis a se locomover.

A movimentação desses animais, no entanto, também é facilitada por uma substância, que os próprios moluscos produzem. Dentro do pé das lesmas e dos caracóis, encontramos uma glândula, responsável por produzir um muco. Esse muco é que facilita o andar desses animais. Com ele, o deslizamento se torna mais fácil, embora continue lento. Mas não se deixe enganar por essa baixa velocidade. Para você ter uma idéia, as lesmas e os caracóis são capazes de fugir do terrário – o local onde os cientistas os deixam no laboratório –, logo que encontram qualquer abertura por onde possam passar, e muitas vezes os pesquisadores nem percebem. Só dão falta deles quando já estão longe ou escondidos em algum canto mais úmido e escuro.

Muitos dos feixes musculares das lesmas e dos caracóis apenas podem se contrair e se distender sob a pressão do sangue desses animais, que, curiosamente, não é vermelho como o nosso, mas tem uma cor clara, por conter pigmentos com cobre.

o que é o que é ... Dicas objetos

Qual a chave mesmo sendo fabricada no Brasil tem nome estrangeiro ?

 A chave inglesa

O que é que tem braços e pernas, mas não tem cabeça ?

As poltronas

O que é o que é de manhã é enchido e à noite, esvaziado

O sapato

Grande como um ratão, guarda a casa como um leão ?

 Tranca da porta 

O QUE TEM DENTES, MAS NÃO PODE COMER ?

O PENTE

Qual a boca que se enche de comida, mas não come

A boca do forno

O que é que trabalho bastante e descansa em pé

Vassoura

Quando a chuva cai o que ela levanta ?

 O guarda chuva

O que é que tem cabeça e não pensa ?

 Palito de fósforo

COMO PODDERIA SER DEFINIDA A INVENÇÃO DO RELÓGIO ?

 UMA INVENÇÃO QUE VEIO NA HORA CERTA

Itens: 1 - 10 de 13
1 | 2 >>

Questionário

Você gosta de ler

Sim (579)
64%

Mais ou menos (154)
17%

Não (169)
19%

Total de votos: 902

Questionário

o'que você acha do site

ótimo (420)
53%

bom (121)
15%

mais ou menos (52)
7%

ruim (35)
4%

péssimo (167)
21%

Total de votos: 795