Você sabia que existem formigas que escravizam outras?

27-03-2011 08:10

 Você sabia que existem formigas que escravizam outras?

 

 


Na África, na Ásia, na Europa e na América do Norte, é possível encontrar as chamadas formigas “escravagistas” – isso mesmo! –, que praticam escravidão. Para obter seus escravos, um grupo de formigas operárias de uma colônia invade colônias de outras espécies, onde captura larvas, que são levadas para o ninho das formigas invasoras. Ali, as larvas são alimentadas até virarem pupas, fase em que não se alimentam e sofrem metamorfose completa para ganhar a forma adulta. Ao fim desse período, surgem os adultos – as formigas escravizadas –, que nem notam que não pertencem à colônia onde estão e nem à mesma espécie das outras formigas. Tudo porque, após algum tempo, as formigas escravizadas já estão com o cheiro da colônia escravagista (cada espécie de formiga e cada colônia têm um cheiro próprio). Assim, as formigas escravizadas passam a trabalhar para a colônia escravagista como trabalhariam para a sua própria colônia.

As formigas escravizadas fazem de tudo: buscam alimento, dão de comer às rainhas e às larvas, limpam a colônia, protegem-na dos predadores... O curioso é que algumas espécies de formigas escravagistas continuam fazendo essas tarefas que mencionamos, apesar de terem escravas para executá-las. Há aquelas, porém, que deixam tudo a cargo das formigas-escravas e até já perderam a habilidade de fazer algumas ações, como cuidar da prole. No caso dessas espécies que “desaprenderam” algumas tarefas, as formigas escravizadas são extremamente importantes para o funcionamento da colônia. Afinal, sem elas, haveria o risco de ficar tudo fora de ordem.

O hábito de algumas formigas escravizarem outras fascinou o naturalista inglês Charles Darwin, que tentou explicar como esse comportamento teria evoluído. No seu famoso livro A origem das espécies, Darwin sugeriu que as colônias das espécies escravagistas, a princípio, invadiam outras colônias para capturar ovos, larvas ou pupas como presas, ou seja, inicialmente, elas não eram transformadas em escravas, mas, sim, mortas para servir de alimento. Algumas dessas larvas ou pupas, porém, acabavam ficando na colônia escravagista tempo suficiente para se transformarem em adultos que eram, então, aceitos na colônia e começavam a trabalhar para ela. Resultado prático disso? Com o tempo, as colônias que invadiam outras colônias para capturar ovos, larvas ou pupas começaram a ter um maior número de operárias e passaram a deixar mais descendentes do que as que não utilizavam escravos. Gradualmente, então, elas tornaram-se mais freqüentes e, assim, a característica de buscar larvas e pupas em outras colônias permaneceu.

Embora haja algumas discordâncias, a idéia de Darwin ainda é aceita hoje em dia. Além disso, atualmente, a maioria das relações entre formigas escravagistas e formigas escravizadas é considerada uma forma de parasitismo. Isso porque se, inicialmente, como Darwin supôs, uma colônia invadia uma outra e fazia de larvas e pupas suas presas, essa relação evoluiu, com o tempo, da predação (em que o predador mata sua presa) para o parasitismo (em que o parasita usa um outro animal e o mantém vivo). É o que ocorre com as formigas que escravizam outras: elas parasitam as escravas, já que as mantêm vivas e, disso, tiram vantagens. Embora esse hábito possa nos dar a impressão de que, às vezes, a natureza é selvagem, precisamos ter em mente que estamos falando apenas das diversas formas que as espécies encontraram para sobreviver. 

o que é o que é ... Dicas objetos

Qual a chave mesmo sendo fabricada no Brasil tem nome estrangeiro ?

 A chave inglesa

O que é que tem braços e pernas, mas não tem cabeça ?

As poltronas

O que é o que é de manhã é enchido e à noite, esvaziado

O sapato

Grande como um ratão, guarda a casa como um leão ?

 Tranca da porta 

O QUE TEM DENTES, MAS NÃO PODE COMER ?

O PENTE

Qual a boca que se enche de comida, mas não come

A boca do forno

O que é que trabalho bastante e descansa em pé

Vassoura

Quando a chuva cai o que ela levanta ?

 O guarda chuva

O que é que tem cabeça e não pensa ?

 Palito de fósforo

COMO PODDERIA SER DEFINIDA A INVENÇÃO DO RELÓGIO ?

 UMA INVENÇÃO QUE VEIO NA HORA CERTA

Itens: 1 - 10 de 13
1 | 2 >>

Questionário

Você gosta de ler

Sim (545)
64%

Mais ou menos (143)
17%

Não (158)
19%

Total de votos: 846

Questionário

o'que você acha do site

ótimo (400)
53%

bom (109)
14%

mais ou menos (49)
6%

ruim (32)
4%

péssimo (164)
22%

Total de votos: 754